O primeiro contato com a adolescente deverá ser realizado pela anamnese, quando se apresentam os motivos mais frequentes de consulta naquela faixa etária, que são apresentados a seguir

Distúrbios menstruais, manifestados na primeira fase da adolescência, a partir da menarca, durante os dois ou três primeiros anos da idade ginecológica. Os ciclos menstruais podem, então, ser caracterizados por hipermenorragia ou metrorragia, sintomas da hemorragia uterina disfuncional. Torna-se necessário fazer diagnostico diferencial com discrasias sanguíneas, por meio de hemograma, TS, TC e contagem de plaquetas. A curetagem uterina é desnecessária, porque o carcinoma do endométrio não deve ser cogitado na adolescência. Podem ocorrer, também, ciclos hipooligomenorréicos e amenorréia, na adolescência. Nessa eventualidades, se as menstruações são largamente espaçadas, é valida a hipótese de ovários policísticos, cabendo a realização de alguns exames complementares, para a confirmação ultra-sonografia pélvica, dosagem de gonadotropinas, estradiol, progesterona e androgênios. Ler Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *